Xantelasma Muriaé, Minas Gerais

Informações sobre Xantelasma em Muriaé. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Xantelasma e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Muriaé.

Unimed Muriae
(32) 3722-5339
Rua Efigênia Freitas da Silva 112
Muriaé, Minas Gerais
 
Policlinica Popular
(32) 3722-7194
Praça São Paulo 129
Muriaé, Minas Gerais
 
Medcenter Ltda
(32) 3722-3705
Praça Coronel Pacheco Medeiros 38
Muriaé, Minas Gerais
 
Clinica Medica e Psicologica de Muriae Ltda
(32) 3721-0259
Rua Coronel Izalino 154 tér
Muriaé, Minas Gerais
 
Prontocor Muriae Ltda
(32) 3722-1980
Avenida Doutor Passos 719
Muriaé, Minas Gerais
 
Maria Beatriz Costa
(32) 3728-4457
Rua Barão Monte Alto 125 s 409
Muriaé, Minas Gerais
 
Cleon - Clinica Especializada Em Oncologia
(32) 3728-5739
Avenida Juscelino Kubitscheck 445
Muriaé, Minas Gerais
 
Endocenter Ltda
(32) 3721-4679
Rua Souza Castro 73
Muriaé, Minas Gerais
 
Amiu Assistencia Medica Infantil de Urgencia
(32) 3721-1234
Rua Vereador José Messias Soares 65
Muriaé, Minas Gerais
 
Casa de Saude Santa Lucia Ltda
(32) 3722-2988
Rua Lacir Goulart da Silva 2
Muriaé, Minas Gerais
 

Xantelasma

O xantelasma, também denominado xanteloma, é uma afecção que acomete a pele, caracterizada como um conjunto de pequenas bolsas amareladas levemente salientes, localizadas na pálpebra e formadas por depósitos de lipídeos.Pode estar ligada a alterações dos lipídeos sanguíneos, ou então, podem ser resultantes de alterações locais do metabolismo de gorduras. Surgem em qualquer área do corpo, mas são mais frequentes nos cotovelos, articulações, tendões, joelhos, mãos, pés, nádegas e pálpebras.As lesões são planas e amareladas, atingindo até 7,5 cm de diâmetro, de consistência mais firme do que a pele encontrada em sua periferia. Não levam a sintomas locais, sendo o incômodo apenas estético.O diagnóstico é clínico, baseando-se no aspecto das lesões, especialmente quando há o histórico de algum distúrbio subjacente. Pode ser realizada uma biópsia para confirmação, que irá revelar a presença de depósito de gordura.O tratamento tem por objetivo destruir ou fazer a ressecção das lesões. Pode ser por meio da aplicação de substâncias cáusticas para a cauterização química, eletrocoagulação, laser ou remoção cirúrgica com fechamento por meio de suturas, sendo que a escolha do tratamento cabe ao médico dermatologista.O controle de lipídeos do sangue (como o colesterol e triglicérides) pode auxiliar na redução do surgimento de xantelasmas; o controle de distúrbios subjacentes também pode auxiliar na diminuição desse desenvolvimento.Fontes:http://pt.wikipedia.org/wiki/Xantelasmahttp://www.dermatologia.net/novo/base/doencas/xantelasma.shtmlhttp://www.grupoescolar.com/materia/xantelasma_e_xantoma.htmlhttp://adam.sertaoggi.com.br/encyclopedia/ency/article/001447.htm