Xantelasma Ipu CE

Informações sobre Xantelasma em Ipu. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Xantelasma e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Ipu.

Hospital Mons.fco.ferreira
(88) 3683-1157
Rua Joana Mimosa 1200
Ipu, Ceará
 
Hospital Doutor Vieira
(62) 3553-1101
Avenida Perimetral qd 3 lt 1
Hidrolândia, Goiás
 
Clínica Forte Imagem
(85) 3252-4024
Rua Major Facundo 1137
Fortaleza, Ceará
 
Allmed Médicos Associados
(85) 3257-7474
Rua João Lobo Filho 250
Fortaleza, Ceará
 
Franscico Nogueira Filho
(85) 3231-7170
Rua Rodrigues Júnior 1280
Fortaleza, Ceará
 
Hosp e Mat Dr Fco Araujo
(88) 3683-2324
Rua Doutor Chagas Pinto 679
Ipu, Ceará
 
Qualident
(85) 3261-3831
Avenida Barão de Studart 2127
Fortaleza, Ceará
 
Cei - Centro Especializado Integrado
(85) 3224-6464
Rua Silva Paulet 1583
Fortaleza, Ceará
 
Vitai Clínica
(85) 3256-6356
Rua General Silva Júnior 858
Fortaleza, Ceará
 
Clínica Dias Júnior Vacinação e Pediatria
(85) 3272-1777
Avenida Pontes Vieira 267
Fortaleza, Ceará
 

Xantelasma

O xantelasma, também denominado xanteloma, é uma afecção que acomete a pele, caracterizada como um conjunto de pequenas bolsas amareladas levemente salientes, localizadas na pálpebra e formadas por depósitos de lipídeos.Pode estar ligada a alterações dos lipídeos sanguíneos, ou então, podem ser resultantes de alterações locais do metabolismo de gorduras. Surgem em qualquer área do corpo, mas são mais frequentes nos cotovelos, articulações, tendões, joelhos, mãos, pés, nádegas e pálpebras.As lesões são planas e amareladas, atingindo até 7,5 cm de diâmetro, de consistência mais firme do que a pele encontrada em sua periferia. Não levam a sintomas locais, sendo o incômodo apenas estético.O diagnóstico é clínico, baseando-se no aspecto das lesões, especialmente quando há o histórico de algum distúrbio subjacente. Pode ser realizada uma biópsia para confirmação, que irá revelar a presença de depósito de gordura.O tratamento tem por objetivo destruir ou fazer a ressecção das lesões. Pode ser por meio da aplicação de substâncias cáusticas para a cauterização química, eletrocoagulação, laser ou remoção cirúrgica com fechamento por meio de suturas, sendo que a escolha do tratamento cabe ao médico dermatologista.O controle de lipídeos do sangue (como o colesterol e triglicérides) pode auxiliar na redução do surgimento de xantelasmas; o controle de distúrbios subjacentes também pode auxiliar na diminuição desse desenvolvimento.Fontes:http://pt.wikipedia.org/wiki/Xantelasmahttp://www.dermatologia.net/novo/base/doencas/xantelasma.shtmlhttp://www.grupoescolar.com/materia/xantelasma_e_xantoma.htmlhttp://adam.sertaoggi.com.br/encyclopedia/ency/article/001447.htm