Síndrome da Ansiedade Esquiva Redenção PA

Informações sobre Síndrome da Ansiedade Esquiva em Redenção. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Síndrome da Ansiedade Esquiva e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Redenção.

Clínica de Diagnósticos
(94) 3424-1160
Avenida Santa Tereza 601
Redenção, Pará
 
Hospital São Lucas
(94) 3424-1280
Avenida Gomes do Val 2753
Redenção, Pará
 
Hospital São Vicente
(94) 3424-0947
Avenida Santa Tereza 601
Redenção, Pará
 
Jorge Antônio C.gomes
(94) 3322-3917
Fl Vinte E Seis qd 6 lt 17
Marabá, Pará
 
Isep
(94) 3644-5426
Rua F 92
Parauapebas, Pará
 
Hospital Santa Mônica
(94) 3424-1229
Rua São Felix do Xingu 744
Redenção, Pará
 
Hospital Doutora Iraci Araújo
(94) 3424-1537
Avenida Carlos Ribeiro
Redenção, Pará
 
Centro Médico Luteo Associados
(91) 3225-4955
Tv São Francisco 782
Belém, Pará
 
Climeg
(91) 3249-1626
Avenida Conselheiro Furtado 2865 s 201
Belém, Pará
 
Clínica Santa Rosa
(93) 3526-1162
Tv Lauro Sodré 453
Alenquer, Pará
 

Síndrome da Ansiedade Esquiva

A síndrome da ansiedade esquiva, também conhecida como transtorno da ansiedade esquiva, ou ainda transtorno da personalidade ansiosa, refere-se a um transtorno de personalidade, que leva os seus portadores a evitar contatos sociais e qualquer situação que possa causar embaraço ou ansiedade.Indivíduos que apresentam este distúrbio habitualmente se consideram socialmente inaptos ou desagradáveis, procurando evitar a interação social com medo de serem ridicularizados, rejeitados ou humilhados.Este transtorno costuma ser observado pela primeira vez no início da vida adulta, embora também possa surgir durante a infância. Indivíduos que sofrem de negligência emocional ou rejeição por grupos nesse período, ficam mais susceptíveis a desenvolverem a síndrome da ansiedade esquiva.Desde o início do século XX, esta síndrome tem sido descrita em diversas fontes, embora não tenha sido chamanda pelo nome atual por algum tempo. No ano de 1926, o psiquiatra suíço Eugen Bleuler discorreu sobre casos de pacientes que apresentavam sinais da síndrome da ansiedade esquiva, no relato intitulado “Demência Precoce: ou o Grupo das Esquizofrenias”.Não se sabe exatamente qual é a causa deste transtorno. Contudo, a combinação de alguns fatores pode influenciar o surgimento desta síndrome, como fatores genéticos, sociais e psicológicos.Estima-se que este distúrbio afete entre 0,5 a 1% da população em geral, predominando em aproximadamente 10% dos pacientes psiquiátricos ambulatoriais.As manifestações clínicas desta síndrome envolvem:Demasiada sensibilidade a críticas e rejeição;Isolamento social auto-imposto;Exacerbada timidez ou ansiedade em situações que envolvem interação social;Evitar contato físico, pois este está associado a um estímulo desagradável ou doloroso;Sentimentos de inadequação;Extrema baixa auto-estima;Auto-aversão;Desconfiança constante das outras pessoas;Distanciamento emocional;Auto-crítica;Sentimento de inferioridade;Agorafobia (em casos mais severos);Uso da fantasia para escapar da realidade.O diagnóstico é feito com base no histórico e manifestações clínicas apresentadas pelo paciente.O tratamento pode envolver terapia cognitiva, treinamento de habilidades sociais, tratamento de exposição gradual, terapia de grupo e, algumas vezes, tratamento medicamentoso.Fontes:http://en.wikipedia.org/wiki/Avoidant_personality_disorderhttp://www.anxietyhelp.org/information/avpd_vs_sad.html