Hipervitaminose Benjamin Constant AM

Informações sobre Hipervitaminose em Benjamin Constant. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Hipervitaminose e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Benjamin Constant.

Clínica da Amizade
(97) 3412-2645
Avenida Amizade 33
Tabatinga, Amazonas
 
Santa Casa de Misericordia Sao Miguel
(16) 3385-1617
Rua Catanduva 206
Tabatinga, São Paulo
 
Hospital de Guarnição de Tabatinga
(97) 3412-2403
Avenida Amizade 894
Tabatinga, Amazonas
 
Hospital Unidade Mista de Benjamin Constant
(97) 3415-6240
Rua 13 de Maio 1496
Benjamin Constant, Amazonas
 
Policlínica Manaus
(92) 3633-2210
Avenida Epaminondas, 409
Manaus, Amazonas
 
Clínica São José
(16) 3385-1153
Rua Ângelo Marquesi 88
Tabatinga, São Paulo
 
Hospital Militar de Tabatinga
(97) 3412-2403
Avenida Amizade 887
Tabatinga, Amazonas
 
Unidade Mista de Benjamin Constant
(97) 3415-6240
Rua 13 de Maio 1142
Benjamin Constant, Amazonas
 
Centro Médico Domanoa
(92) 3581-3727
Rua Francisco Queiroz 56 c A
Manaus, Amazonas
 
Solange Oliveira Moraes
(92) 3233-6366
Rua Rio Juruá 100
Manaus, Amazonas
 

Hipervitaminose

A hipervitaminose, ou envenenamento por vitaminas, ocorre quando o indivíduo ingere altos níveis de vitaminas, que pode lavar à um quadro de intoxicação. O quadro clínico irá depender da vitamina envolvida na intoxicação.Na hipervitaminose A, por exemplo, causada pelo excesso de ingestão de vitamina A, pode levar ao aparecimento de pele ressecada, áspera e descamativa, fissuras labiais, ceratose folicular, dores ósseas e nas articulações, cefaléia, tonturas, náuseas, queda dos cabelos, lesões no fígado e parada do crescimento. Pode haver também falta de apetite, edema, cansaço, irritabilidade e sangramentos. Também pode ocorrer esplenomegalia e hepatomegalia, com alterações de enzimas hepáticas.No caso de hipervitaminose B, que é causada ingestão excessiva de vitamina B, quando se trata da vitamina B12 (cianocobalamina) pode lavar à reações alérgicas e alterações esplênicas. Quando for intoxicação por vitamina B1 (tiamina), altas doses pode levar à uma vasodilatação periférica, queda na frequência respiratória, convulsões, podendo levar à óbito por paralisia do centro respiratório.Quando o excesso é de vitamina D, os sintomas só aparecem meses após a alta administração de altas doses dessa substância, podendo causar graves danos aos ossos e uma fragilidade dos tecidos e dos rins. Provoca também um aumento exacerbado de cálcio sanguíneo, retirando este mineral dos ossos para a corrente sanguínea. Esse excesso tende a ser depositado nos tecidos moles do organismo. Pode haver a formação de litíases renais, pois o sangue tentará excretar o cálcio; além disso, pode haver formação de esclerose dos vasos sanguíneos.A vitamina K, quando em altas doses, não apresenta toxicidade, assim como o excesso de vitamina C, que também não apresenta efeitos tóxicos quando administrada no tratamento de doenças graves, no entanto, em indivíduos saudáveis a superdosagem pode causar um forte efeito laxativo.Fontes:http://pt.wikipedia.org/wiki/Hipervitaminosehttp://www.saudenainternet.com.br/portal_saude/hipervitaminose.phphttp://pt.wikipedia.org/wiki/Hipervitaminose_Ahttp://adam.sertaoggi.com.br/encyclopedia/ency/article/001594.htm