Granuloma Anular Arapiraca, Alagoas

Informações sobre Granuloma Anular em Arapiraca. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Granuloma Anular e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Arapiraca.

Clínica de Trânsito de Arapiraca
(82) 3522-3303
Rua Teodorico Costa 120
Arapiraca, Alagoas
 
Clínica Ciam
(82) 3522-2533
Avenida Pedro Leão 119
Arapiraca, Alagoas
 
Cmi Consultórios Médicos Integrados
(82) 3522-3388
Rua Fernandes Lima, 345
Arapiraca, Alagoas
 
Clínica Imagem
(82) 3521-6192
Rua São Domingos 115
Arapiraca, Alagoas
 
Espaço Fisio & Saúde
(82) 3529-9600
Rua Nossa Senhora de Fátima 218
Arapiraca, Alagoas
 
Clínica Profª Maria Anunciada
(82) 3521-6500
Rua Monsenhor Macedo 362 c A
Arapiraca, Alagoas
 
Santa Fé Medical Center
(82) 3482-7133
Rua Esperidião Rodrigues 103
Arapiraca, Alagoas
 
Vaccini Clínica de Vacinação
(82) 3522-2154
Rua Marcelino Magalhães 330
Arapiraca, Alagoas
 
José C L Silva
(82) 3530-1662
Praça Pereira Magalhães 79
Arapiraca, Alagoas
 
Otomed Alagoas
(82) 3539-1114
Rua 30 de Outubro 121
Arapiraca, Alagoas
 

Granuloma Anular

O granuloma anular consiste em uma desordem inflamatória da pele, caracterizada pelo aparecimento de lesões avermelhadas, em formato de círculo ou anel.Sua etiologia ainda não foi elucidada, porém foi levantada a hipótese de que seja causada por uma reação imune do organismo a diversos agentes, além de poder estar relacionado ao diabetes, especialmente em casos generalizados. Afeta crianças, jovens e adultos, com ligeira predileção pelo sexo feminino.Além das erupções granulomatosas de formato circular e avermelhadas, que podem ser únicas ou múltiplas, os pacientes habitualmente não apresentam outras manifestações clínicas. Incomumente, os pacientes podem apresentar ardência e prurido nas lesões. Estas últimas costumam surgir no dorso das mãos e dos pés, porém podem afetar qualquer parte do corpo.O diagnóstico é feito com base no quadro clínico, sendo confirmado pela biópsia. Um fato curioso é que a lesão que foi submetida à biópsia pode sofrer regressão espontânea após o procedimento.As lesões podem regredir espontaneamente, sem que seja implementado tratamento, dentro de alguns meses até dois anos, variando de acordo com o quadro. O tratamento inclui a aplicação de corticosteroides intra-lesionais ou aplicações tópicas na lesão. Em casos generalizados, o uso de fármacos via oral é necessário.Outra forma de tratamento é a realização de puncturas sobre as lesões, bem como crioterapia com nitrogênio líquido.Fontes:http://www.dermatologia.net/novo/base/doencas/gran_anular.shtmlhttp://www.dermis.net/dermisroot/pt/38008/diagnose.htmhttp://en.wikipedia.org/wiki/Granuloma_annulare