Fármacias de Manipulação Vicência PE

Fármacias de Manipulação em Vicência. Conheça os profissionais especializados desta área em sua região, aproveite e leia nossos artigos com tutoriais, dicas e informações relevantes sobre este assunto.

Farmácia Estado
(81) 3631-0802
Rua Doutor Alcebiades 47
Timbaúba, Pernambuco
 
Farmácia N. Senhora Aparecida
(81) 3631-0944
Rua Dantas Barreto 11 A
Timbaúba, Pernambuco
 
Farmácia Dom Helder
(81) 3474-4431
Rua João Fragoso de Medeiros 1480
Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco
 
Farmácia Santa Rosa
(81) 3252-5275
Avenida General Manuel Rabelo 5105 lj A
Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco
 
Farmácias Pernambuco
(81) 3361-1728
Rua João Fragoso de Medeiros 177 lj 2
Jaboatão dos Guararapes, Pernambuco
 
Farmácia Central
(81) 3631-1073
Rua Joaquim Nabuco 13
Timbaúba, Pernambuco
 
Geofarma
(81) 3426-4254
Avenida Presidente Kennedy 2170 lj B
Olinda, Pernambuco
 
Farmácia Santa Maria
(81) 3423-0094
Rua Joaquim Nabuco 280 lj 1
Recife, Pernambuco
 
Farma Future Produtos Farmacêuticos Ltda
(81) 3034-6724
Rua Potengy 154
Recife, Pernambuco
 
Drogaria Big Ben
(81) 3439-8577
Avenida Presidente Getúlio Vargas 1301
Olinda, Pernambuco
 

Fármacias de Manipulação

A manipulação farmacêutica é importante pelas seguintes razões:

1. LIMITAÇÕES NAS DOSAGENS DOS MEDICAMENTOS: a indústria farmacêutica produzsomente algumas dosagens de medicamentos. Uma dosagem muitas vezes não atende todosos pacientes e daí a necessidade de modificar a dosagem de um medicamento através damanipulação.

2. LIMITAÇÕES NAS FORMAS FARMACÊUTICAS: a indústria farmacêutica produz somentealgumas formas farmacêuticas; geralmente produzem somente uma forma oral sólida(cápsula ou comprimido) e ou injeções. Isso não atende às necessidades de crianças, bebêsprematuros, idosos e outras populações especiais. É fato que o Congresso Nacional fez valer oprivilégio de que as indústrias possam de obter proteção adicional de patentes se forproduzidos especialmente a forma pediátrica daquele medicamento. Entretanto, muitoslaboratórios farmacêuticos não o fazem pois não é economicamente favorável. Portanto, amanipulação é necessária.

3. HOME-CARE: Uma porcentegem significativa de pacientes que estão em home-care, ouseja, pacientes acamados mas que estão em casa, estão extremamente satisfeitos commedicamentos manipulados, que incluem: nutrição parenteral completa (gorduras, açúcares,aminoácidos) que é necessária por exemplo no pós-operatório e cura de doenças no cólon.Esses pacientes não podem ser medicados ou nutridos satisfatoriamente com medicamentosdisponibilizados pela indústria.

4. PACIENTES TERMINAIS E PACIENTES SOB TRATAMENTOS PALIATIVOS: a terapêuticade um paciente terminal envolve a manipulação de muitos medicamentos e várias formasfarmacêuticas que permitem pacientes viver o fim de suas vidas sem dor ou desconforto.Muitas combinações de drogas são usadas nesses pacientes que não conseguem engolirmedicamentos e não possuem massa muscular que é necessária para aplicações de injeçõestodos os dias. Outros medicamentos incluem medicamentos manipulados para inalação oral,uso nasal, tópico, transdérmico e retal.


5. DROGAS DESCONTINUADAS: A indústria farmacêutica retirou millhares de medicamentosdo mercado nos últimos 25 anos, muitos desses por razões econômicas. Esse medicamentos eram eficazes e importantes para vários pacientes. O único acesso de pacientes a essesmedicamentos é através da farmácia magistral.

6. MEDICAMENTOS EM BAIXA OFERTA : Com mais de 70% de todas as drogas a granelsendo importadas para os a indústria farmacêutica e para as farmácias de manipulação nosEUA, medicamentos industrializados se tornam indisponíveis por várias razões. Em muitoscasos, esses medicamentos podem ser manipulados a fim de suprir essa demanda até que omedicamento seja ofertado normalmente pelo seu laboratório.

7.MISTURA INTRAVENOSAS EM HOSPITAIS: Muitas, quiçá a maioria, das drogasadministradas intravenosamente que salvam vidas nos hospitais e clínicas são manipuladas.Isso proporciona rapidez e eficiência aos funcionários do hospital que então não precisamadministrar várias injeções nos pacientes. É difícil imaginar hospitais sem misturasintravenosas.

8. DROGAS ÓRFÃS: Quando médicos prescrevem drogas que não estão mais no mercado,estas podem estar disponíveis como drogas órfãs através do laboratório ou da farmácia demanipulação.

9. POPULAÇÕES ESPECIAIS: Aqui pode-se incluir pacientes que usam terapia para ogereciamento da dor, terapia de reposição hormonal com hormônios bio-idênticos, pacientescom lesões provenientes de esportes (profissionais, universitários, olímpicos e amadores),pacientes dentais, dermatológicos, pacientes com sensibilidades ambiental ou cosmética, eoutros pacientes que estão sendo tratados com medicamentos manipulados com sucesso. Defato também deve-se considerar que pacientes com câncer frequentemente fazem uso de“coquetéis” manipulados que poderiam não estar disponíveis se não fossem manipulados.Medicamentos que são manipulados especialmente para cirugias oftálmicas e ósseastambém não estariam disponíveis.

10. NOVOS AVANÇOS TERAPÊUTICOS: se um médico quiser utilizar uma terapia que é bemsucedida em outros países, mas ainda não está disponível nos EUA, esse médico podeprescrever um medicamento a ser manipulado. Como exemplo, uma terapia oral com anti-inflamatórios pode ser prescrita como num gel tópico e assim evitar um sangramentogástrico, evitar internações hospitales e reduzir portanto custos ao sistema de saúde.

11. MANIPULAÇÃO PARA PACIENTES VETERINÁRIOS: pacientes veterinários podem seragrupados em várias categorias, incluindo pequenos, grandes, rebanhos e animais decompania. Há na verdade poucos medicamentos disponíveis para esses animais e ainda estãodisponíveis somente para algumas espécies e algumas doenças. Na maioria dos casos, paraque um animal seja tratado com sucesso, um medicamento manipulado pode ser necessário.

12. ESTUDOS CLÍNICOS: farmacêuticos manipulam medicamentos que não estãocomercialmente disponíveis para ser usados em estudos clínicos.

13. MANIPULAÇÃO DE COMPOSTOS NUCLEARES: Drogas são marcadas com compostosradioativos através da manipulação e circulam no organismo até que eventualmente seconcentram no órgão que está sob investigação médica. Há mais de 100 tipos diferentes deprocedimentos nucleares realizados num dia, sendo o mais comum a visualização de umórgão por imagem. Outros incluem a determinação do fluxo sanguíneo no coração, pedras na vesícula, determinação do fluxo respiratório e sanguíneo pulmonar, fraturas ósseas, infecções,artrite, tumores, sangramento intestinal, localização da presença de infecção,determinação defunção tireoidiana e metástase de um câncer.