Diabetes Cuiabá, Mato Grosso

Informações sobre Diabetes em Cuiabá. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Diabetes e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Cuiabá.

Cândido Duarte Braga Neto
(65) 3025-7575
Rua Áureo Lino da Silva 785
Cuiabá, Mato Grosso
 
Clini Kleim
(65) 3023-3904
Rua Cassimiro de Abreu 320 qd 23 lt 9
Cuiabá, Mato Grosso
 
Renato Nunes Cosentino
(65) 3626-2471
Avenida Miguel Sutil 8000 s 606
Cuiabá, Mato Grosso
 
Casa de Saúde Paiaguás
(65) 3617-1670
Avenida A
Cuiabá, Mato Grosso
 
Clínica de Procedimentos Anestesiológicos de Cuiabá
(65) 3623-4285
Rua Barão de Melgaço 2777
Cuiabá, Mato Grosso
 
Luciana Abílio Miguel Diniz
(65) 3626-5500
Avenida Miguel Sutil 8000 s 1608
Cuiabá, Mato Grosso
 
Fetalcare Atendimento Em Medicina Fetal
(65) 3634-9872
Avenida Jornalista Jacques Brunini 5
Cuiabá, Mato Grosso
 
Instituto da Face
(65) 3321-4029
Rua Marechal Mascarenhas de Moraes 18
Cuiabá, Mato Grosso
 
Espaço Clin
(65) 3624-1248
Avenida Isaac Póvoas 838
Cuiabá, Mato Grosso
 
Anna Beatriz de Figueiredo Rabel
(65) 3624-2673
Rua Corumbá 538 s 106
Cuiabá, Mato Grosso
 

Diabetes

Diabetes é uma doença crônica, que tem como principal característica a deficiência relativa à produção ou a ação da insulina produzida pelo pâncreas.Essa deficiência causa um desequilíbrio no metabolismo do diabético principalmente em relação a glicose (açúcares), a gorduras e as proteínas presentes em sua corrente sanguínea. Os sintomas são agudos, e se não houver o diagnóstico e tratamento adequados, as complicações podem ser graves, e crônicas.Existem os seguintes tipos de diabetes: diabete tipo I, diabete tipo II e diabete gestacional.Diabete Tipo I – também conhecida como diabetes juvenil, ou Mellitus, ocorre quando o pâncreas diminui ou para a produção de insulina. Ocorre em pessoas jovens, normalmente abaixo dos 35 anos, podendo inclusive acometer crianças. O diabético tipo I é insulinodependente, ou seja, depende da aplicação da insulina que deixou de produzir, geralmente através de uma ou mais injeções de insulina por dia. O tratamento consiste, portanto, da reposição da insulina, de dieta alimentar, sendo abolidos da alimentação os doces e evitando alimentos gordurosos, pelo acompanhamento médico e controle da glicemia.Diabetes tipo II – é conhecida como diabete de adultos, por ocorrer em pessoas acima dos 40 anos. Tem como característica principal a resistência das células a ação da insulina. A diabete tipo II não torna a pessoa insulinodependente, e ocorre geralmente em pessoas acima do peso. O tratamento indicado nesse caso é a dieta alimentar, abolindo doces e evitando alimentos gordurosos, e o uso de medicamentos orais, que permitem controlar a glicemia.Diabetes gestacional – ocorre somente durante a gestação, sendo que depois do nascimento do bebê, a doença desaparece. Tem as mesmas características do diabetes tipo II. O tratamento consiste em dieta alimentar e, eventualmente, podem ser necessárias injeções de insulina.Os sintomas são os mesmos em todos os tipos de diabetes. São eles:- Urina freqüente, inclusive durante a noite- Sede excessiva- Fome exagerada- Cansaço, fadiga e tontura- Presença de glicose na urina- Perda de peso inexplicável- Demora para cicatrizar feridas e machucados- Alterações na visão, visão borrada- Freqüência de infecções mais alta do que a normalAs complicações na saúde do diabético são várias, como, por exemplo, a deficiência renal e visual, causada pelo excesso de açúcar no sangue.Diabetes é uma doença que não tem cura, porém, nos últimos anos a qualidade de vida dos diabéticos aumentou bastante.Atualmente estão sendo desenvolvidas pesquisas relativas a transplantes das ilhotas do pâncreas. Essa é uma esperança de cura para o diabetes.