Corioamnionite Corrente PI

Informações sobre Corioamnionite em Corrente. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Corioamnionite e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Corrente.

Centro Médico Correntino
(89) 3573-1483
Rua Antônio Nogueira Carvalho
Corrente, Piauí
 
Climecor
(89) 3573-1123
Rua Antônio Nogueira Carvalho 1147
Corrente, Piauí
 
Clínica de Habilitação do Trânsito
(86) 3218-2475
Avenida Miguel Rosa 6666
Teresina, Piauí
 
Clínica Medicina Física Picos
(89) 3422-3056
Avenida Nossa Senhora de Fátima 466
Picos, Piauí
 
Clínica Santa Isabel
(86) 3220-1717
Qd 144 - Cj Prq Piauí 5
Teresina, Piauí
 
Policlínica de Corrente
(89) 3573-1851
Avenida Desembargador Amaral 1675
Corrente, Piauí
 
Hospital Estadual e Regional D
(89) 3573-1465
Rua Antônio Nogueira Carvalho
Corrente, Piauí
 
Instituto de Neuro Ciências
(86) 3216-6656
Rua Bartolomeu Vasconcelos 2440
Teresina, Piauí
 
Teresa Marly Teles Carvalho
(86) 3221-5963
Rua Olavo Bilac 1520 s 106
Teresina, Piauí
 
Clínica Assis Costa
(86) 3322-1644
Rua Riachuelo 966
Parnaíba, Piauí
 

Corioamnionite

A corioamnionite consiste em uma inflamação das membranas fetais (âmnio e córion) causada por uma infecção bacteriana.Esta patologia é pouco frequente, sendo observada em 1% a 2% da totalidade das gestações, sendo bem mais comum em partos prematuros, uma vez que esta afecção pode levar à bacteremia materna, resultando em parto prematuro e uma infecção severa no nenonato. Raramente é causada por uma propagação hemátogena de bactérias. Habitualmente é resultante de uma infecção ascendente da vagina para o útero.Apesar de nem sempre a corioamnionite levar a sintomas, algumas gestantes com a patologia podem apresentam as seguintes manifestações clínicas:Febre;Taquicardia da mãe do feto;Sudorese;Útero sensível ao toque;Secreção vaginal com odor anormal.O diagnóstico desta patologia normalmente é feito por meio das manifestações clínicas em associação com o exame físico. Resultados alterados do exame de sangue materno podem indicar a presença de bacteremia. Além disso, também é possível fazer o exame do líquido amniótico que aponta a presença de bactérias em casos de infecção. Exames ultrassonográficos podem ser utilizados para verificar a saúde do feto.O tratamento da corioamnionite depende do estado de saúde da gestante, da progressão da infecção, da tolerância materna a certos fármacos e das expectativas de evolução da patologia. Subsequentemente ao diagnóstico deve ser administrado antibiótico na gestante. Em muitos casos é necessário induzir o parto para prevenir complicações futuras e, após o parto, o uso de antibiótico deve perdurar por um determinado período. Sempre que possível, recomenda-se realizar o parto vaginal para evitar a contaminação da cavidade abdominal durante um procedimento de cesariana. Contudo, caso haja complicações durante o parto, a última se faz necessária.Fontes:http://en.wikipedia.org/wiki/Chorioamnionitishttp://emedicine.medscape.com/article/973237-overviewhttp://my.clevelandclinic.org/healthy_living/pregnancy/hic_chorioamnionitis.aspx