Colangite ascendente Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo

Informações sobre Colangite ascendente em Cachoeiro de Itapemirim. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Colangite ascendente e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Cachoeiro de Itapemirim.

Umanila Centro Clínico
(28) 3511-0590
Praça Jerônimo Monteiro 101 s 401
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
 
Hospital e Maternidade Tocantins
(63) 3467-1367
Praça Deputado José de Assis 1242
Presidente Kennedy, Tocantins
 
Carlos Eduardo Noronha Dutra
(28) 3522-8988
Av Rui Barbosa 55 - 2 Andar
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Gilberto Dian de Almeida
(28) 3521-2024
R Antonio Caetano Gonçalves 02 - 55
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Marcos Bastos Barbosa
Av Francisco Lacerda de Aguiar 10 - 306 Ed Paster
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Hospital Infantil Francisco de Assis
(28) 2101-5656
Rua Coronel Guardia 62
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
 
Hospital e Maternidade do Tocantins
(63) 3467-1211
Rua Manoel Batista Ferreira 1 qd 3 lt 1
Presidente Kennedy, Tocantins
 
Franklin Wilson Novaes
(28) 3522-4139
Av Francisco Lacerda de Aguiar 26
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Gastao Goncalves Coelho
(12) 2035-2207
R Antonio Caetano Goncalves 02
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria Eugenia de Azevedo
(28) 3522-1203
Av Pinheiro Junior 156 - Ed Sta Rosa
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Colangite ascendente

A colangite ascendente é causada por uma infecção bacteriana, resultante de uma estase biliar, o que facilita a proliferação desses microrganismos. Recebe este nome, pois as bactérias migram do intestino para as vias biliares.As manifestações clínicas dessa colangite são dor, icterícia e febre, juntamente conhecidos como tríade de Charcot. Estão presentes também hipotensão arterial e confusão mental, que quando associados com a tríade de Charcot, recebem o nome de pêntade de Reynold, sugerindo septicemia grave. Este último quadro é preocupante, havendo a necessidade de descompressão urgente do colédoco, que pode ser feita cirurgicamente ou por meio de endoscopia.O diagnóstico é realizado por meio de exames de sangue, no qual observa-se a presença de colestase, diferentes níveis de transaminases, leucocitose e culturas sanguíneas positivas. Exames ultra-sonográficos são os mais indicados para avaliação da dilatação dos ductos biliares.O tratamento deve ser feito precocemente, por meio do uso de antibióticos de amplo espectro.Leia mais sobre Colangite:Colangite Esclerosante primáriaColangite Esclarosante secundáriaFontes:http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?85http://pt.wikipedia.org/wiki/Colangitehttp://www.medicinageriatrica.com.br/2007/10/05/colangite-aguda/http://pt.wikipedia.org/wiki/Colangite_ascendentehttp://www.hepcentro.com.br/colangite_esclerosante.htmhttp://www.medstudents.com.br/original/revisao/cep/introd.htmhttp://www.scielo.br/pdf/rsbmt/v38n5/a15v38n5.pdf