Cisto dermoide Corrente PI

Informações sobre Cisto dermoide em Corrente. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento do Cisto dermoide e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Corrente.

Climecor
(89) 3573-1123
Rua Antônio Nogueira Carvalho 1147
Corrente, Piauí
 
Centro Médico Correntino
(89) 3573-1483
Rua Antônio Nogueira Carvalho
Corrente, Piauí
 
Policlínica Santa Maria
(86) 3249-1123
Rua Pedro II 107
São Miguel do Tapuio, Piauí
 
Clínica de Urgência de Picos
(89) 3422-4934
Avenida Senador Helvídio Nunes 3347
Picos, Piauí
 
Clínica Ciep
(89) 3422-6055
Rua Monsenhor Hipólito 590
Picos, Piauí
 
Policlínica de Corrente
(89) 3573-1851
Avenida Desembargador Amaral 1675
Corrente, Piauí
 
Hospital Estadual e Regional D
(89) 3573-1465
Rua Antônio Nogueira Carvalho
Corrente, Piauí
 
Clínica Santa Luzia
(86) 3223-0549
Rua Rui Barbosa 840
Teresina, Piauí
 
Fernanda Márcia Aguiar de Oliveira
(86) 3226-4640
Rua Governador Raimundo Artur de Vasconcelos 670 s 602
Teresina, Piauí
 
Ortoclínica Ortopedia e Traumatologia
(86) 3222-5514
Rua Desembargador Pires de Castro 595
Teresina, Piauí
 

Cisto dermoide

O cisto dermoide trata-se de um teratoma cístico, ou seja, um cisto presente desde o nascimento, formado por pele madura, na qual há folículos pilosos desenvolvidos, bem como glândulas sudoríparas e, em certos casos, pelos, sebo, sangue, gordura, ossos, dentes, unhas, cartilagem e tecido tireoidiano. Em raros casos, os cistos dermoides podem ser malignos, comumente carcinoma de células escamosas em adultos e, em bebês e crianças, pode haver o desenvolvimento de tumor do seio endodérmico.Costumam situar-se em áreas de fendas embrionárias, como:Região periorbital: comumente observado em crianças pequenas, geralmente situado próximo a face lateral da sobrancelhaColuna vertebral: cistos dermoides nessa região podem se desenvolver em decorrência de um erro durante o desenvolvimento do tubo neural. Sua incidência é extremamente baixa. Localizam-se especialmente na região lombrossacaral e vértebras torácicas.Seios paranasais: são extremamente raros e muito difícil de ser removido.Ovários: podem desenvolver-se em mulheres durante sua vida reprodutiva. Podem ocasionar torção do órgão, infecção, ruptura e até evoluir p/ neoplasias.O diagnóstico comumente é feito por meio do exame físico. Caso o médico desconfie que o cisto esteja conectado a outros tecidos, pode ser necessário realizar exames de imagem, como radiografias, tomografia computadorizada ou ressonância magnética.O tratamento do cisto dermoide consiste em sua completa extirpação cirúrgica, de preferência sem exteriorização de seu conteúdo. Geralmente a remoção desta estrutura não é de emergência; todavia, quando este cisto torna-se inflamado, dolorido, ou seu portador apresente febre, é necessário procurar ajuda médica imediatamente.Com exceção de raros casos nos quais ocorrem complicações que podem estar presentes em qualquer procedimento cirúrgico, a ressecção cirúrgica do cisto costuma resultar em recuperação completa.Fontes:http://en.wikipedia.org/wiki/Dermoid_cysthttp://www.webmd.com/skin-problems-and-treatments/sdermoid-cyst