Cardiomiopatia hipertrófica Castro Alves BA

Informações sobre Cardiomiopatia hipertrófica em Castro Alves. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento de Cardiomiopatia hipertrófica e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Castro Alves.

Sergio Tapioca Bastos
(75) 3631-3850
Praça Félix Gaspar s/n
Santo Antonio de Jesus, Bahia
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Valmor Cajaiba Dias
(75) 3631-2781
Rua a Quinta do Ingles S/ 103 - 87
Santo Antonio de Jesus, Bahia
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Gilson Andrade
(75) 3631-3400
Rua Landulfo Alves S/N S/ 111 - 113 115
Santo Antonio de Jesus, Bahia
Especialidade
Patologia Clínica/Medicina Laboratorial

Dados Divulgados por
Só Mocor
(71) 3245-4540
Avenida Anita Garibaldi 1051 sl 204
Salvador, Bahia
 
Grupo de Cardiologia da Pituba
(71) 3355-1072
Avenida Antônio Carlos Magalhães 1034 s 130B
Salvador, Bahia
 
Joao Apostolo Barreto
(75) 3631-2663
Av Roberto Santos S/N Sala 301 - Shopping Itaguari
Santo Antonio de Jesus, Bahia
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Fernando Carlos P de Queiroz Filho
(75) 3631-4310
Av Roberto Stos S/N - Shop Itaguari S301
Santo Antonio de Jesus, Bahia
Especialidade
Patologia

Dados Divulgados por
Angiocardio
(71) 3451-0200
Rua Leonor Calmon 256 s 801
Salvador, Bahia
 
Procordis
(77) 3876-2567
Rua Guilhermino Novais 182
Vitória da Conquista, Bahia
 
Telemedicina da Bahia
(71) 3245-0224
Rua Agnelo Brito 31
Salvador, Bahia
 
Dados Divulgados por

Cardiomiopatia hipertrófica

A cardiomiopatia hipertrófica (CMH) trata-se de uma patologia cardíaca genética, responsável por causar uma hipertrofia ventricular (direito e/ou esquerdo) com função sistólica preservada e diminuição da diástole, sem que haja correlação com alguma condição que justifique tais ocorrências.Acredita-se que esta afecção seja resultante de diversos defeitos no gene das cadeias pesadas de miosina, localizado no cromossomo 14. Outro exemplo de alteração genética que pode levar à CMH é a presença de defeitos nos canais de fluxo de cálcio.O quadro clínico da CMH é similar ao da estenose aórtica, apresentando:Dispneia, devido à congestão pulmonar resultante da alteração da função diastólica;Angina, em decorrência da isquemia;Síncope, devido à obstrução da via de saída, ocorrendo tipicamente em situações de grande esforço físico;Palpitações, resultantes da arritmia cardíaca;Morte súbita.O diagnóstico é alcançado através de exame físico, com auscultação cardíaca e pulmonar, revelando sons cardíacos anormais ou sopro. Outros exames que auxiliam na confirmação do diagnóstico incluem:Eletrocardiograma;Radiografia torácica;Ecocardiografia com ultrassom Doppler;Ressonância magnética do coração;Cateterismo;Monitor Holter de 24horas.O tratamento é basicamente clínico, utilizando-se fármacos inotrópicos negativos, como betabloqueadores ou bloqueadores dos canais de cálcio, além de antiarrítmicos. Em casos de refratariedade do tratamento clínico, os pacientes podem ser submetidos à cirurgia, que pode ser:Marca-passo bicameral;Miectomia septal;Alcoolização (esclerose) das artérias septais.Acomete igualmente homens e mulheres, sendo que sua apresentação pode variar tanto de uma forma assintomática até apresentações mais graves, como no caso da morte súbita. Nos dias de hoje sabe-se que a CMH é uma condição benigna, com mortalidade girando ao redor de 0,5% a 1% ao ano.Fontes:http://pt.wikipedia.org/wiki/Cardiomiopatia_hipertr%C3%B3ficahttp://www.minhavida.com.br/saude/temas/cardiomiopatia-hipertroficahttp://publicacoes.cardiol.br/abc/1996/6602/66020013.pdfhttp://sociedades.cardiol.br/socerj/revista/2010_01/a2010_v23_n01_01bitencourt.pdf