Carcinogênese Santa Rita, Paraíba

Informações sobre Carcinogênese em Santa Rita. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Carcinogênese e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Santa Rita.

Josete Maurício Lopes Pontes
(83) 3229-2577
Rua Siqueira Campos 133
Santa Rita, Paraíba
 
Clínica Santa Rita
(83) 3229-1140
Rua Francisco Gomes de Azevedo 2
Santa Rita, Paraíba
 
Izabel Claudino Pontes
(83) 3244-6677
Avenida Expedicionários 349
João Pessoa, Paraíba
 
Luciana Cavalcante Trindade
(83) 3241-6109
Rua Borja Peregrino 191
João Pessoa, Paraíba
 
Clínica Cdh Centro Desenvolvimento e Habitação
(83) 3225-1000
Avenida Presidente Epitácio Pessoa 775 lj 4
João Pessoa, Paraíba
 
Policlínica São Roque
(83) 3229-0400
Avenida Flávio Ribeiro Coutinho 264 ap 1
Santa Rita, Paraíba
 
Eitel Santiago Silveira
(83) 3232-8926
Avenida Liberdade 1596 lj 02
Bayeux, Paraíba
 
Clínica Corporis
(83) 3224-3331
Avenida Presidente Epitácio Pessoa 871
João Pessoa, Paraíba
 
Clinic Center
(83) 3221-0812
Rua Afonso Campos 238
João Pessoa, Paraíba
 
Prestadora de Serviços Oftalmológicos Ltda
(83) 3513-7121
Avenida Coremas 262
João Pessoa, Paraíba
 

Carcinogênese

A carcinogênese, também denominada oncogênese, trata-se do processo de formação de uma neoplasia.As neoplasias, também chamadas de cânceres, consistem em aglomerados de células, resultantes de divisões desenfreadas de uma célula mãe original, surgindo mutações que podem levar a danos em um ou mais genes de uma única célula.Os tumores malignos se diferenciam dos benignos, pelo fato de os primeiros colocarem a vida do paciente em risco, pois é invasivo, infiltrando-se progressivamente em locais próximos ou distantes, por meio de um processo denominado metástase. Todavia, nem todos os tumores malignos são invasivos. Alguns, como o feocromocitoma, apresentam características similares aos tumores benignos, com a diferença de que levam a desordens hormonais, enquanto outros comprimem órgãos em decorrência da limitação de espaço para expandirem, como tumores cerebrais, podendo resultar na morte de seu portador.Tipicamente, a carcinogênese compreende um processo lento, que pode levar anos até que uma célula neoplasia prolifere e dê origem a um tumor. Os diferentes estágios pelos quais o tumor se origina são:Estágio de iniciação: trata-se do primeiro estágio da carcinogênese. Nesta etapa as células sofrem os efeitos causados pelos agentes carcinogênicos, ocasionando alterações em alguns dos seus genes. Neste ponto, as células apresentam-se geneticamente modificadas; todavia, ainda não é possível se identificar um tumor.Estágio de promoção: este é o segundo estágio da carcinogênese, no qual as células geneticamente alteradas sofrem os efeitos dos agentes carcinogênicos conhecidos como oncopromotores. Estas células passam então a ser malignas, de forma lenta e gradual. Para que a transformação seja findada, é necessário que o contato com o oncopromotor seja contínuo. Quando há a quebra desse contato, em muitos casos o processo é interrompido nesse estágio.Estágio de progressão: este é o terceiro e último estágio da carcinogênese, no qual ocorre a multiplicação descontrolada e irreversível das células alteradas. Neste ponto a neoplasia encontra-se instalada, evoluindo até que apareçam as primeiras manifestações clínicas da desordem.Dentre os fatores que promovem a transformação de células normais para células malignas estão componentes da dieta, radiação, vírus, bactérias, exposição exacerbada e prolongada a hormônios, exposição ao fumo, dentre outros.Fontes:http://pt.wikipedia.org/wiki/Carcinog%C3%AAnesehttp://www.inca.gov.br/conteudo_view.asp?id=319http://www.inca.gov.br/situacao/arquivos/carcinogenese.pdf