Câncer de vulva Viana ES

Informações sobre Câncer de vulva em Viana. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento de Câncer de vulva e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Viana.

Carlos Magno Bortolini
R.Engenheiro Guilherme Jose Monjardim Varejao 140
Vitoria, Espírito Santo
Especialidade
Cancerologia

Dados Divulgados por
Persio Pinheiro de Freitas
Cancerologia Radioterapia
Vitoria, Espírito Santo
Especialidade
Cancerologia

Dados Divulgados por
Celestino Junior Bussinger Pereira
Rua Joao da Cruz 164
Vitoria, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Ana Paula Espindula Gianordoli
(27) 3345-6411
Av Americo Buaiz 501 - /114 Torre Leste
Vitoria, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Rubens Luiz Vallandro
(27) 3222-8678
R General Osorio 127 - S/1110 Ed a Gazeta
Vitoria, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Fernando Sergio Martins
Rua Ferreira Coelho 330 - Sala 714
Vitoria, Espírito Santo
Especialidade
Cancerologia

Dados Divulgados por
Nelson Luiz Nunes de Faria
270-0003
R Xv Deovembro 777
Vila Velha, Espírito Santo
Especialidade
Cancerologia

Dados Divulgados por
Maria Lucia Faissal
Av Mal Campos 231
Vitoria, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Jose Brunoro
273-2272
R Constante Sodre 750 - Ed New York Plazasala 1001
Vitoria, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Augusto Cesar Schwartz
Clínica Médica Pneumologia
Vitoria, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Câncer de vulva

O câncer de vulva trata-se de uma rara neoplasia, que corresponde a menos de 1% dos tumores malignos das mulheres e responsável por 3% a 5% dos tumores malignos do aparelho genital feminino.Estima-se que esta patologia acometa 1 a 2 mulheres a cada 100.000 por ano, sendo mais frequente em mulheres acima dos 70 anos de idade.Histologicamente, o tipo mais comum é o carcinoma de células escamosas ou epidermóide, representando aproximadamente 90% dos tumores vulvares.Dentre os fatores de risco para o surgimento desta neoplasia estão:Irritações locais crônicas;Uso de substâncias cáusticas e abrasivas;Presença do Papilomavírus Humano (HPV).A principal manifestação clínica é o prurido vulvar, juntamente com ardência e dispareunia (dor durante a relação sexual). Quando o quadro já está avançado, podem surgir ulcerações com ou sem uma infecção secundária, que não cicatrizam e, habitualmente, não são dolorosas.O diagnóstico é feito durante o exame ginecológico, feito com o auxílio do colposcópio utilizando ácido acético a 5%, com cofirmação através da biópsia das lesões suspeitas.O tratamento do câncer de vulva abrange dois locais: a vulva e a região inguinal. Primeiramente é feita a remoção cirúrgica do tumor com margem de segurança. Por conseguinte, é feita a inspeção dos linfonodos inguinais para saber se eles foram acometidos pela neoplasia em questão. Nesses casos eles devem ser retirados cirurgicamente. A radioterapia também pode ser necessária antes ou após a remoção cirúrgica da neoplasia, dependendo do estágio em que a patologia se encontra.Fontes:http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?67http://www.fcm.unicamp.br/diretrizes/d_n_c/ca_vulva/ca_vulva_pag1.htmlhttp://www.cliquecontraocancer.com.br/paginas.cfm?id=69&p=cancer-de-vulva-http://www.projetodiretrizes.org.br/ans/diretrizes/cancer_de_vulva.pdf