Câncer de Boca Catalão GO

Informações sobre Câncer de Boca em Catalão. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento de Câncer de Boca e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Catalão.

Divino Ferreira
(64) 3441-2657
R Augustoetto 11
Catalao, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Clarimundo Matias da Silveira
(06) 4411-2211
Rua Dr. Willian Faiad 15
Catalao, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Leonardo Vieira Fernandes
Dr. Willian Faiad 19
Catalao, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Edna Beatriz de Souza Alencar de Paiva
(62) 3241-4042
R 131 - 86 Belta Centro Medico
Goiania, Goiás
Especialidade
Cancerologia

Dados Divulgados por
Waldir de Castro Quinta
(62) 3243-7000
R 39 - 181 Hosp Araujo Jorge
Goiania, Goiás
Especialidade
Cancerologia

Dados Divulgados por
Djair Ayres
R. Dr. Willian Faiad 15
Catalao, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Jose Roberto de Castro Lima
(06) 4441-2211
R. Dr. Willian Faid 15
Catalao, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Antonio Jacome Neto
(62) 3441-2000
R Madre Esperança Garrido 63
Catalao, Goiás
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Claudio Francisco Cabral
(62) 3243-7133
R 39 - 181 Hosp Araujo Jorge
Goiania, Goiás
Especialidade
Cancerologia

Dados Divulgados por
Jales Benevides Santana Filho
(62) 3235-7200
R 1035 - Multimed
Goiania, Goiás
Especialidade
Cancerologia

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Câncer de Boca

Câncer (neoplasia ou tumor maligno) é uma doença caracterizada pelo crescimento descontrolado de células anormais, que apresentam comportamento agressivo e incontrolável, determinando a formação de tumores. Elas invadem os tecidos e órgãos, podendo disseminar (metástase) para outras regiões do corpo.“Conceituar o câncer, para nós, é extrapolar para a massa tumoral as características individuais das células malignas, tão bem descritas por Silvany Filho: tem conduta biológica diferente da célula normal; perde a capacidade de viver associativamente e torna-se autônoma; escapa dos mecanismos reguladores que coordenam o organismo como um todo e descontrola-se o crescimento celular e sobrevêm uma proliferação sem propósitos” (Antônio Tommasi)As duas propriedades principais das neoplasias malignas são: a capacidade invasivo-destrutiva local e a produção de metástases (constitui o crescimento neoplásico à distância, sem continuidade e sem dependência do foco primário).Os principais fatores que interferem na produção de metástases são:Redução da adesividade entre as células;Capacidade de propagação progressiva e destruição de células normais;Capacidade das células tumorais realizarem movimentos amebóides;Tamanho e manipulação do tumor;Anestesia local para realização de biopsia;Transferência acidental;Os sintomas do câncer bucal são:Feridas na boca ou no lábio que não cicatrizam em uma semana;Ulcerações superficiais, com menos de 2 cm de diâmetro, indolores(podendo sangrar ou não);Manchas esbranquiçadas ou avermelhadas nos lábios ou na parte interna da boca;Caroços, inchaços, áreas de dormência;Sangramento sem causa conhecida e dor na garganta que não melhora;Além disso, em estágios mais avançados da doença, pode surgir dificuldade para falar, mastigar e engolir, emagrecimento, dor e caroços no pescoço.O Cirurgião Dentista exerce papel fundamental no diagnostico precoce de lesões de câncer, se o paciente for diagnosticado no inicio e tratado de maneira adequada à maioria 80% dos casos desse tipo de câncer tem cura.Entretanto, a prevenção se baseia em evitar exposição ao sol sem proteção (filtro solar e chapéu de aba larga), evitar o tabagismo e consumo exagerado de álcool (O tratamento psicológico tanto pré como pós-operatório é fundamental para acompanhar transtornos psicológicos, sequelas cirúrgicas ou alcoólatras), manter uma boa higiene da boca, manter os dentes tratados e visitar o dentista ao menos uma vez por ano e uma alimentação rica em frutas, verduras e legumes.As Pessoas com maior risco para o câncer bucal (Homens com 40 anos, com dentes fraturados, fumantes, que bebem álcool e que usam próteses mal ajustadas) devem fazer anualmente o exame clínico com médicos ou dentistas treinados.Fontes:NEVILLE, Brad W. Patologia oral e maxilofacial. 2 ed.TOMMASI, Antonio F. Diagnóstico em patologia bucal. 3 ed.BORAKS, Silvio. Diagnóstico bucal.