Brotoeja Cruzeiro do Sul AC

Informações sobre Brotoeja em Cruzeiro do Sul. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Brotoeja e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Cruzeiro do Sul.

Clínica Médica Dr. Luís Fernando Scarano Miranda
(44) 3465-1531
Avenida Senador Souza Naves 416 s 02
Cruzeiro do Sul, Paraná
 
Leal & Lima Clínica Médica
(68) 3322-1044
Avenida 15 de Novembro 30 s 04
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Hospital Geral Cruzeiro do Sul
(68) 3322-2327
Rua Lauro Muller 350
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Secretaria Municipal de Saúde
(44) 3465-1384
Rua Maria Conceição Mendes
Cruzeiro do Sul, Paraná
 
Obstetrícia e Ginecologia Carvalho Ltda
(68) 3322-6161
Rua Formoso 223
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Júlio Abel Seijas Chavez
(68) 3322-4761
Avenida 15 de Novembro 404
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Hospital Sao Gabriel Arcanjo
(51) 3764-1133
Rua General Neto 192
Cruzeiro do Sul, Rio Grande do Sul
 
Hospital Geral de Cruzeiro do Sul
(68) 3322-5271
Rua Lauro Muller 355
Cruzeiro do Sul, Acre
 
Hospital Municipal de Cruzeiro do Sul
(44) 3465-1507
Rua Maria Conceição Mendes
Cruzeiro do Sul, Paraná
 
Unidade Mista de Saúde Rodrigues Alves
(68) 3342-1256
Avenida Presidente Juscelino 605
Rodrigues Alves, Acre
 

Brotoeja

A brotoeja, também conhecida como miliária ou sudâmina, é uma erupção cutânea que está relacionada com o calor, afetando principalmente bebês.Tem como etiologia o suor juntamente com a obstrução e inflamação das glândulas sudoríparas. As brotoejas surgem porque a glândulas que está obstruída não permite que o suor alcance a superfície da pele, resultando em uma irritação e prurido (coceira).Normalmente, essas erupções aparecem após um dia de exposição ao sol, em um dia quente e úmido, quando a criança está com febre, ou quando o bebê é exposto ao calor excessivo.Existem dois tipos de manifestações dessa afecção. São elas:Miliária cristalina: manifesta-se na forma de vesículas diminutas, de conteúdo claro e inicia-se repentinamente, acometendo grandes áreas da superfície corporal. Não apresentam sintomas sistêmicos, sem reação inflamatória local, acometendo especialmente as pregas de flexão, cabeça e pescoço. Os recém-nascidos são atingidos com maior freqüência pela relativa imaturidade de suas glândulas sudoríparas.Miliária rubra (sudâmina): é uma erupção mais profunda caracterizada por pápulas (lesões sólidas, elevadas, com diâmetro menor de 1cm) e pequenas vesículas eritematosas que podem produzir prurido. Acomete as áreas flexurais, como pescoço, axilas, virilha, sendo que a fricção apresenta um importante papel na patogenia. A obstrução dos ductos das glândulas sudoríparas possui um importante papel no surgimento das lesões.O tratamento da brotoeja tem como objetivo aliviar o desconforto gerado por ela, especialmente ao refrescar e secar a área afetada. A principal recomendação é evitar o uso de muita roupa em crianças, principalmente em dias quentes e em crianças mais gordas. Um ambiente com ar condicionado pode ser muito útil. A aplicação de creme esteróide de uso tópico na região afetada pode conferir alívio, mas não é tão eficaz na resolução do problema quanto trocar as roupas da criança e/ou mudar seu ambiente. Outra recomendação é evitar a excessiva ingestão de doces e alimentos gordurosos; o uso de vitamina C suplementar pode ajudar no controle da sudorese. O uso dessa vitamina localmente pode ser preventiva e curativa.Fontes:http://www.saudeinformacoes.com.br/bebe_brotoeja.asphttp://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?646http://www.e-familynet.com/artigos/articles.php?article=210http://brasil.babycenter.com/baby/saude/brotoeja/http://www.dermatologia.net/novo/base/doencas/miliaria.shtml