Artrite Rio Branco, Acre

Informações sobre Artrite em Rio Branco. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Artrite e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Rio Branco.

Maria Luiza A Barbosa
Rua Alvorada 178 - ao Lado da Santa Casa
Rio Branco, Acre
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Centro de Diagnóstico e Tratamento de Osteoporose do Acre
(68) 3223-4700
Rua Hugo Carneiro 578
Rio Branco, Acre
 
C. N. Godinho Filho
(47) 0032-2378
R Hugo Carneiro 148
Rio Branco, Acre
Especialidade
Ortopedia e Traumatologia

Dados Divulgados por
Andrea Fernandes Magalhaes
Rua Alvorada 18
Rio Branco, Acre
Especialidade
Ortopedia e Traumatologia

Dados Divulgados por
Saul Ruiz Suarez
(68) 3223-3086
R Pernambuco 1 - .133Proximo ao Posto Parati
Rio Branco, Acre
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Fernando Oscar Tayt Sohn
(68) 3224-8958
R Alvorada 178 - Hospital Santa Casa
Rio Branco, Acre
Especialidade
Reumatologia

Dados Divulgados por
Jose Roberto Pinheiro de Oliveira
683-2247
R Alvorada 178 - Anexo a UNIMED 24 Hs
Rio Branco, Acre
Especialidade
Ortopedia e Traumatologia

Dados Divulgados por
Rodrigo Minuano C. da Rocha Santos
(68) 3224-1479
Getulio Vargas 1940
Rio Branco, Acre
Especialidade
Ortopedia e Traumatologia

Dados Divulgados por
Edson Messias do Nascimento Chaves
(68) 3223-3740
R Alvorada 178 - Sala 08Hospital Santa Casa
Rio Branco, Acre
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Jose Edson da Silva
(68) 3224-1678
Rua Alvorada 18 - Santa Casa de Misericórdia
Rio Branco, Acre
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Artrite

A artrite é uma enfermidade de natureza inflamatória que incide especificamente nas articulações, tais como nos joelhos, tornozelos, cotovelos, ombros, entre outras. Este processo provoca dores intensas, as quais podem se tornar crônicas, tumores nas regiões em que os ossos se articulam, locais rígidos, e vários outros sinais que podem ser traduzidos como consequências de lesões mais ou menos sérias.Esta doença não deve ser vista como similar ao reumatismo, pois este é de fundo imunológico, enquanto a artrite é um mecanismo estritamente inflamatório, desencadeado por inúmeras causas. Ela pode se manifestar como Artrite Degenerativa, Artrite Gotosa, Artrite Piogênica Aguda, Artrite Psoriáca ou Artrite Reumatóide.A sua face degenerativa é essencialmente crônica, pois o tecido cartilaginoso se deteriora, instaura-se uma hipertrofia dos ossos, o que leva o enfermo a sentir muita dor quando se move. Ela atinge mais os joelhos, o fêmur da coxa e a coluna vertebral.A artrite gotosa é desencadeada pela reação a uma substância conhecida como minerais de urato, microcristais, o que gera uma inflamação na lombada do pé e no seu dedo, denominado hálux, nos tornozelos, joelhos e cotovelos. Há uma incidência maior entre os homens, que podem também apresentar febre e restrição dos movimentos, em virtude da dor. Nas mulheres ela pode vir depois do início da menopausa. Nestes quadros o ácido úrico sofre normalmente uma certa elevação.A piogênica aguda atinge especialmente os ombros, joelhos e o fêmur das coxas. Tornozelos, cotovelos e punhos quase não são afetados. Seu aparecimento e desenvolvimento vêm sendo refreados pelo uso de antibióticos potentes, e as perspectivas são cada vez melhores.A psoríaca é classificada como um distúrbio da epiderme, causado por fatores ainda não conhecidos. Aparecem na pele eritemas escamosos. Este quadro atinge seriamente as articulações do corpo.Raio-x de uma pessoa com artrite reumatóide.A artrite reumatóide é de natureza auto-imune. Ela afeta, portanto, o sistema imunológico do organismo e escolhe especialmente as articulações conhecidas como periféricas. Neste processo o corpo combate seus próprios tecidos, atingindo até mesmo a cartilagem e o envoltório das articulações.Este distúrbio orgânico é uma das expressões reumáticas inflamatórias mais comuns. Seus efeitos, considerados graves, incidem sobre 1% da população planetária. As articulações ficam inchadas, doloridas, inflamadas, vermelhas, quentes e podem, aos poucos, deixar de cumprir seu papel no organismo.Estas são as artrites mais comuns, mas sabe-se hoje, conforme dados da Arthritis Foundation (Fundação da Artrite), que há mais de 100 distintas variedades desta doença, provocadas pelos mais diversos fatores. Outra manifestação bem conhecida e comum é a osteoartrite (artrose), que acompanha o próprio desgaste do organismo quando este envelhece, atingindo o tecido endurecido dos ossos, chamado de cartilagem.A artrite não tem cura, mas pode ser amenizada com a movimentação das articulações, a prática de exercícios físicos, principalmente a flexibilização das articulações atingidas, exercitar as mãos em água aquecida, não abusar da prática esportiva, mover-se em uma piscina, não usar cremes sem prescrição médica, envolver a articulação dolorida de leve com um cachecol, para que ela fique mais aquecida; usar luvas elétricas ou as que são confeccionadas com tecidos que esticam para aliviar a dor nas mãos, evitar um peso corporal maior, entre outras medidas eficazes.Fontes:http://pt.wikipedia.org/wiki/Artritehttp://www.todabiologia.com/doencas/artrite.htmhttp://saude.hsw.uol.com.br/como-lidar-com-a-artrite.htmhttp://www.unicamp.br/unicamp/unicamp_hoje/ju/novembro2005/ju308pag03.html