Apnéia do Sono Brasília, DF

Informações sobre Apnéia do Sono em Brasília. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Apnéia do Sono e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Brasília.

Gustavo de Oliveira Costa
(61) 3362-6000
Sia Trecho 02 Lote 1125
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Alexander Jorge Saliba
(61) 3326-9242
Cln 204 Bloco C Número 51 - Sala 105
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dr.Valter Caetano
396-2440
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Carlos Damião Amorim Rebelo de Amorim
Shls 716 - Consultorio 07 Hospital Santa Lúcia
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Fernando Renato M de S P Leme
(32) 456-2670
Clínica Médica Gastroenterologia
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Kenio Dias Botelho
(61) 3442-1018
Seup 710/910 220 - Sala 220
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Aristein Tai Shyn Woo
(61) 3347-0213
Shln Conj.B Bloco 02 00 - Próximo ao Santa Helena
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dea Marcia da Silva Martins Pereira
Shln 516 - Conj D Consult. 02 Hospital Santa Helena
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Eduardo Calixto Saliba
(34) 439-0800
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Eduardo Flávio Oliveira Ribeiro
(61) 3245-7505
Shls 716 Centro Clínico Torre 2 304
Brasilia, DF
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Apnéia do Sono

A apnéia do sono é um distúrbio que pode atingir homens, mulheres e crianças. Ocorre quando, durante o sono, a respiração é obstruída por alguns segundos (a média de 10 segundos), acontecendo diversas vezes durante a noite. Geralmente a apnéia é acompanhada pelo ronco.O ronco ocorre quando a passagem do ar pelas vias aéreas é diminuída ou estreitada. A apnéia ocorre quando o estreitamento é maior, causando o colapso, ou o fechamento das vias aéreas. Somente quando o cérebro percebe a diminuição de oxigênio, manda um estimulo para que a pessoa volte a respirar, o que demora, em média, 10 segundos.Como conseqüência, o sono não é reparador, causando sonolência durante o dia. Outros sintomas são: cefaléia durante o dia, irritabilidade, depressão, mudanças de personalidade, mudanças na voz, entre outros. Em longo prazo, a apnéia pode contribuir para o desenvolvimento de doenças cardíacas, como a hipertensão.Geralmente, a causa da apnéia está relacionada a uma dessas situações:• Excesso de tecido na garganta, causado por excesso de peso, o que resulta em dificuldade de manter a mesma aberta quando relaxada.• Adenóides e amídalas maiores que o normal.• Formato anatômico do pescoço e da cabeça dificulta a passagem de ar pela garganta.• Relaxamento excessivo dos músculos da garganta e língua.A apnéia pode ser classificada como:• Obstrutiva – Tipo mais comum de apnéia, ocorre quando há a vibração das estruturas faríngeas, causada pela passagem de ar de forma turbulenta pelas vias aéreas superiores, quando estas se encontram mais estreitas. Após a obstrução, quando a respiração é retomada, é comum que a pessoa emita um ronco alto. Em longo prazo, a apnéia obstrutiva pode ser fator causador de hipertensão arterial.• Central – Mais rara, a apnéia central ocorre devido a uma disfunção no sistema nervoso central, na área que envia os sinais de estimulo para os músculos respiratórios.O tratamento desse distúrbio varia de acordo com as causas, e as condições do paciente (obesidade, hipertensão, etc.). Para alguns casos de apnéia obstrutiva leve ou moderada, existem dispositivos orais, que reposicionam a mandíbula ou que retém a língua em uma posição que favoreça a respiração. Outros tratamentos são: a Terapia com CPAP (utilização de uma mascara nasal ou facial que fornece o ar) ou mesmo a cirurgia.