Antrax Oeiras PI

Informações sobre Antrax em Oeiras. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento de Antrax e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Oeiras.

Hidelberto Alves
(89) 3462-1709
Avenida Rui Barbosa
Oeiras, Piauí
 
E Angeline Cia Ltda
(89) 3462-1764
Avenida Rui Barbosa 470
Oeiras, Piauí
 
Unidade Mista de Saúde de Santa Rosa
(89) 3428-1201
Rua Veríssimo Antônio da Silva 83
Santa Rosa do Piauí, Piauí
 
Hospital Nossa Senhora da Vitória
(89) 3462-1901
Rua Padre Silva 321
Oeiras, Piauí
 
Clínica Santa Terezinha
(89) 3582-2914
Rua Aniceto Cavalcante
São Raimundo Nonato, Piauí
 
Sandra Regina Pinheiro Torres
(89) 3462-1885
Avenida Cândido Aleixo 243
Oeiras, Piauí
 
Hospital Daniel Rocha
(89) 3462-1352
Avenida Rui Barbosa 470
Oeiras, Piauí
 
Hospital Deolindo Couto
(89) 3462-1714
Avenida Rui Barbosa 586
Oeiras, Piauí
 
Centro de Dermatologia e Endocrinologia Lia Rachel
(86) 3221-4789
Rua São Pedro 1977
Teresina, Piauí
 
Clínica São Carlos
(89) 3422-0446
Rua Coelho Rodrigues 550
Picos, Piauí
 

Antrax

Antrax (ou Carbúnculo) é uma doença infecciosa aguda, causada por bactérias Gran-positivas chamadas bacillus anthracis, capazes de formar esporos. Esporos são uma espécie de proteção, desenvolvidos por algumas bactérias quando se encontram em ambientes hostis.A habilidade do bacillus anthracis de formar esporos é conhecida desde 1877, quando Robert Koch realizou experimentos com essa bactéria.A ocorrência do Antrax é maior entre os animais herbívoros, como os bovinos, ovinos, caprinos, antílopes e camelos. Os seres humanos podem contrair a doença quando entram em contato com animais infectados, ou com tecidos dos mesmos.Nos seres humanos, a infecção por Antrax pode ocorrer por três vias: cutânea, gastrointestinal ou por inalação. Nas regiões rurais, as chances de contaminação são um pouco maiores, devido ao contato com os animais. O contato com animais infectados, ou mesmo com derivados desses animais, como a lã, por exemplo, podem infectar o homem pela via cutânea ou pela inalação. A ingestão de carne crua, ou mal cozida, de animais contaminados é a causa do Antrax gastrointestinal. A transmissão de pessoa para pessoa é extremamente improvável.Os sintomas da doença aparecem em até 7 dias, e variam de acordo com a via de infecção,:• Via cutânea: O primeiro sinal é uma lesão parecida com uma picada de inseto. Em dois dias, a lesão se enche de líquido, formando uma bolha. Forma-se então uma úlcera indolor, medindo entre 1 e 3 cm, que apresenta necrose ao centro. Se tratado com antibióticos, a possibilidade de morte é pequena.• Via gastrointestinal: A inflamação grave no trato intestinal, causada pela ingestão de carne contaminada, tem como primeiros sintomas náuseas, vômito, perda de apetite, febre, dor abdominal, diarréia severa e vômito com sangue. Aproximadamente metade dos casos de infecção por Antrax via gastrointestinal causam a morte.• Por inalação: É a forma de infecção mais grave. Os primeiros sintomas são parecidos com os de uma gripe. Após alguns dias, problemas respiratórios graves e choque geralmente levam a pessoa a óbito.O diagnóstico é feito a partir do isolamento da bactéria a partir do sangue, ou mesmo de lesões da pele ou das secreções respiratórias.Já existe uma vacina contra o Antrax, administrada, geralmente, em pessoas com maior chance de contaminação, como laboratoristas, trabalhadores que têm contato com derivados (como pele e couro) de animais originários de países onde as condições sanitárias não são satisfatórias, ou ainda em militares, devido à possibilidade do uso de Antrax como arma biológica.Em 2001, foram notificados alguns casos de Antrax nos Estados Unidos, sendo que a transmissão ocorreu por inalação dos esporos da bactéria, enviada por correspondências contaminadas.FontesCentro de Vigilância Epidemiológica. Carbúnculo ou Antrax: Informações Gerais. Governo do Estado de São Paulo, 2001. Acessado em 20 mar. 2009. Disponível em: ftp://ftp.cve.saude.sp.gov.br/doc_tec/folder_antrax.pdf