Angiodermatite Pigmentar Gravataí, Rio Grande do Sul

Informações sobre Angiodermatite Pigmentar em Gravataí. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Angiodermatite Pigmentar e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Gravataí.

Clinica Solaris
(51) 3488-5466
Rua Benjamin Constant 169
Gravataí, Rio Grande do Sul
 
Clinica Medica Dr Eli
(51) 3497-7289
Rua Alexandrino de Alencar 1530
Gravataí, Rio Grande do Sul
 
Paulo Ricardo Bobek
(51) 3484-1418
Rua Antônio R S Vargas 225
Gravataí, Rio Grande do Sul
 
Uniclinica
(51) 3042-4024
Rua Prefeito Ary Tubbs 665 - 8
Gravataí, Rio Grande do Sul
 
Centromed
(51) 3488-5266
Rua Doutor Luiz Bastos do Prado 1615
Gravataí, Rio Grande do Sul
 
Frank Ferraz Medicos do Trabalho Associados
(51) 3488-3691
Rua Carlos Linck 50 s 102
Gravataí, Rio Grande do Sul
 
Centro Clinico Gravatai
(51) 3484-8400
Avenida José Loureiro da Silva 1843
Gravataí, Rio Grande do Sul
 
Uniclinica
(51) 3042-4024
Rua Prefeito Ary Tubbs 665
Gravataí, Rio Grande do Sul
 
Centromed Centro Médico Gravataí
(51) 3488-3444
Rua Doutor Luiz Bastos do Prado 1615
Gravataí, Rio Grande do Sul
 
Kellen K Silva
(51) 3431-0085
Rua Coronel Sarmento 1645 lj 1
Gravataí, Rio Grande do Sul
 

Angiodermatite Pigmentar

A angiodermatite pigmentar é definida como manchas que afetam as pernas, causadas pelo extravasamento de sangue de capilares. Afeta adultos e idosos que passam demasiado tempo em pé ou sentados. As hemácias que transpõem os vasos sanguíneos levam à pigmentação característica. O peso em excesso e a presença de varizes favorecem o surgimento dessa condição.As manifestações clínicas (as manchas) afetam os membros inferiores, apresentando-se diminutas, de início, confluindo, gradativamente, até a formação de manchar maiores. Ao passo que a angiodermatite pigmentar evolui, origina-se uma mancha, que apresenta formato de bota, de coloração castanha, marrom ou ocre.Esta condição pode ser o primeiro estágio de uma úlcera de estase venosa, situação na qual há a formação de uma lesão de difícil cicatrização, normalmente principiada por um pequeno traumatismo.Para prevenir o aparecimento dessa condição, recomenda-se evitar o excesso de peso, bem como ficar em pé ou sentado por longos períodos. Nos casos de indivíduos que possuem profissões que os obriguem a permanecer nessas posições por muito tempo, recomenda-se o uso de meias elásticas compressivas e elevação das pernas quando possível. O hábito de caminhar também é muito benéfico.As manchas são de difícil remoção. O médico dermatologista é quem deve dar o correto diagnóstico.Fontes:http://www.dermatologia.net/novo/base/doencas/angiodermite.shtml