Alergia Alimentar Gravataí, Rio Grande do Sul

Informações sobre Alergia Alimentar em Gravataí. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Alergia Alimentar e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Gravataí.

Giovanni Marcelo Siqueira Di Gesu
(51) 3225-6927
Dom Feliciano 39 - 503
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Breno Ryba
(51) 3228-5370
Rua dos Andradas 1519 - Cj. 45
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Moyses Eizirik
(51) 3224-5679
Vig Jose Inacio 566 - 604
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Sergio Luiz Nadvorny
(51) 3342-3860
Av. Benjamim Constant 1161 - Sala 3
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Kellen K Silva
(51) 3431-0085
Rua Coronel Sarmento 1645 lj 1
Gravataí, Rio Grande do Sul
 
Ciro Benito Poglia Barbiero
(51) 3332-6931
Rua Dona Laura 207 - Conj.201
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Valerie Noronha Menezes Kreutz
(51) 3222-9277
Padre Chagas 147 - Sala 504
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Regina Sumiko Watanabe Di Gesu
(51) 3225-6927
Dom Feliciano 39 - 503
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Especialidade
Alergia e Imunologia

Dados Divulgados por
Clinica Solaris
(51) 3488-5466
Rua Benjamin Constant 169
Gravataí, Rio Grande do Sul
 
Maria do Carmo Dimer Webber
(51) 3484-1142
Avenida José Loureiro da Silva 1441 s 302
Gravataí, Rio Grande do Sul
 
Dados Divulgados por

Alergia Alimentar

A alergia a alguns alimentos pode ocorrer principalmente em bebês e crianças, contudo, não se trata de um problema muito comum. A probabilidade de ocorrerem processos alérgicos devido à alimentação aumenta quanto menor for à idade da criança, principalmente, se essa criança não recebeu o aleitamento materno. Estudos demonstram que bebês amamentados exclusivamente com leite materno apresentam o sistema imunológico mais desenvolvido, portanto, diminui a tendência ao desenvolvimento de alergias alimentares. Já nos casos em que os pais apresentam algum tipo de alergia relacionada aos alimentos a probabilidade dos filhos desenvolverem este problema torna-se maior.Os alimentos considerados vilões ao desencadeio de alergia são: leite e derivados, trigo, clara de ovo, produtos a base de soja, frutos do mar, frutas cítricas, em especial o tomate, entre outros. Esses alimentos, por apresentarem maior teor alergênico, devem ter seu consumo evitado por crianças menores de 1 ano, pois, essa faixa etária não está com o seu sistema digestivo bem desenvolvido e esses alimentos podem gerar problemas maiores devido suas características.Às vezes a alergia aparece em forma de manchas, vômitos, diarréias e até mesmo podem ocorrer dificuldades na respiração. Os sintomas variam de uma pessoa para outra e muitas vezes são confundidos com outras doenças e indisposições intestinais. A alergia alimentar, se não diagnosticada e tratada, pode evoluir com o tempo e acarretar em graves problemas e complicações.Nos primeiros meses de vida os pais devem estar alerta a estes sintomas e, ao menor sinal de alergia, deve-se procurar um médico e realizar os exames necessários. Caso a alergia seja diagnosticada deve-se apropriar um cardápio específico para a pessoa, por meio do auxílio de um nutricionista, e assim controlar o processo alérgico e melhorar as condições de vida.