Acantose Nigricans Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo

Informações sobre Acantose Nigricans em Cachoeiro de Itapemirim. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Acantose Nigricans e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Cachoeiro de Itapemirim.

Gilberto Dian de Almeida
(28) 3521-2024
R Antonio Caetano Gonçalves 02 - 55
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Gediao Cesar Seraphim
(28) 3522-8988
Av Rui Barbosa 55 - 2 Andar
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Luiz Carlos Maciel
(28) 3522-6120
R Coronel Francisco de Braga 71 - Ed Itapoa
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Marcos Bastos Barbosa
Av Francisco Lacerda de Aguiar 10 - 306 Ed Paster
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Franklin Wilson Novaes
(28) 3522-4139
Av Francisco Lacerda de Aguiar 26
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Maria Eugenia de Azevedo
(28) 3522-1203
Av Pinheiro Junior 156 - Ed Sta Rosa
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Joao Herminio Altoe Vargas
(81) 9035-2160
Av Francisco Lacerda de Aguiar 10 - Edf Pasteurs/204
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Carlos Eduardo Noronha Dutra
(28) 3522-8988
Av Rui Barbosa 55 - 2 Andar
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Gastao Goncalves Coelho
(12) 2035-2207
R Antonio Caetano Goncalves 02
Cachoeiro de Itapemirim, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dionisio Avanza Filho
Vila Velha, Espírito Santo
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Acantose Nigricans

Acantose nigricans (AN) é uma doença rara de pele caracterizada pela presença de pele escura, grossa e aveludada nas dobras do corpo e pregas.As regiões escuras aparecem devido à hiperqueratose (excesso de queratina) e hiperpigmentação (lesões acinzentadas e grossas que conferem um aspecto verrugoso à pele). É freqüentemente associada à obesidade e problemas endócrinos, como hipotireoidismo, acromegalia, doença do ovário policístico, diabetes insulino-resistente, síndrome metabólica e Síndrome de Cushing. Todavia, essa patologia também pode afetar indivíduos saudáveis, além de poder ser transmitida geneticamente.São conhecidos quatro tipos de acantose nigricans:Síndrome de Miescher: forma benigna e hereditária;Síndrome de Gougerot Carteaud: forma benigna e possivelmente hereditária, mas que surge em mulheres jovens;Pseudo-acantose nigricans: forma juvenil e benigna associada a alterações endocrinológicas;Acantose maligna: manifestações paraneoplásicas do adulto associada freqüentemente com tumores do trato gastrointestinal ou genitourinário, como linfomas e melanomas.A acantose nigricans evolui de forma lenta e resulta em escurecimento progressivo das áreas afetadas e as lesões não são acompanhadas de outro sintoma. Normalmente, acomete axilas, virilhas e pescoço, mas, em certos casos, pode afetar lábios, palmas das mãos, plantas dos pés, entre outras áreas.Não existe um tratamento específico para esta doença. O correto é tratar a causa da acantose nigricans. No entanto, quando a causa não é encontrada, existem produtos de uso tópico derivados dos retinóides que são uma opção para a melhora do aspecto das lesões, sendo que devem ser prescritos pelo médico de acordo com cada caso. Em certos casos, medicações orais também podem ser prescritas, como a tretinoína (como por exemplo, Retin-A), entre outras. Tratamentos dermatológicos como a dermoabrasão o laser terapia pode ajudar a suavizar a espessura de determinadas áreas afetadas.Fontes:http://pt.wikipedia.org/wiki/Acantose_nigricanshttp://www.dermatologia.net/novo/base/doencas/acantose_nigricante.shtmlhttp://adam.sertaoggi.com.br/encyclopedia/ency/article/000852.htmhttp://www.bibliomed.com.br/lib/ShowDoc.cfm?LibDocID=15799&ReturnCatID=1797