Acalvaria Marialva PR

Informações sobre Acalvaria em Marialva. Encontre aqui médicos especialistas, dicas de prevenção, onde fazer diagnóstico e tratamento da Acalvaria e endereços e telefones de hospitais e clínicas em Marialva.

Maria Luzia Klumb Silva
(44) 224-6311
Av. Parigot de Souza 464
Maringa, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Marco Aurelio Valadao Fagundes
(44) 3225-1490
Av Curitiba 532
Maringa, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Santa Casa de Misericórdia de Maringá
(44) 3027-5633
r Santos Dumont, 555
Maringá, Paraná

Dados Divulgados por
Salvar Urgência Médica Ltda.
(44) 3227-9156
av Centenário, 267 Vila Christino
Maringá, Paraná

Dados Divulgados por
Associação Beneficente Bom Samaritano
(44) 3025-4577
av Independência, 158
Maringá, Paraná

Dados Divulgados por
Liliane Villanova Menon
(44) 223-3927
Rua Santos Dumont 423
Maringa, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Wilson Isao Kikuchi
(44) 3026-6668
Rua Euclides da Cunha 1387
Maringa, Paraná
Especialidade
Clínica Médica

Dados Divulgados por
Hospital e Maternidade São Marcos
(44) 3025-5522
av Gov Parigot Souza, 404 Zona 01
Maringá, Paraná

Dados Divulgados por
Hospital Paraná
(44) 3218-4000
av Dr. Luiz Teixeira Mendes, 1929 Zona 04
Maringá, Paraná

Dados Divulgados por
Clínica de Ginecologia Dr. Ricardo Plepis
(44) 3224-6464
av Paraná, 367 Zona 01
Maringá, Paraná

Dados Divulgados por
Dados Divulgados por

Acalvaria

Acalvaria refere-se a uma deformidade rara, caracterizada pela ausência de ossos que formam a abóbada craniana, bem como a dura máter e os músculos associados, com ossos da face e da base do crânio normais. O defeito comumente é recoberto por pele.Até o momento não se conhece a etiologia desta desordem. Todavia, sabe-se que esta condição é decorrente de um defeito na neurulação, ou seja, é ocasionada por uma migração defeituosa do mesênquima com colocação normal da ectoderme.Algumas condições podem estar associadas à acalvaria, como holoprosencefalia, hidrocefalia e micropoligiria. Além disso, também podem ser observados nesses pacientes desordens cardíacas, onfalocele, hipertelorismo, lábio leporino e/ou fenda palatina, diegenesia tubular renal, hexadactilia, pé torto congênito e meduloblastoma.O diagnóstico pode ser feito ainda durante a gestação, a partir da 12° semana gestacional, por meio da ultrassonografia de alta resolução.Tipicamente, esta condição leva à morte. Nenhum procedimento cirúrgico existente até o momento é capaz de reparar o defeito no crânio durante o período neonatal. Em alguns recém-nascidos foi observado o crescimento espontâneo da abóbada craniana. Quando o paciente atinge a idade escolar, o que é difícil, realiza-se um enxerto ósseo no mesmo.Fontes:http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0100-39842010000400013&script=sci_arttexthttp://www.rightdiagnosis.com/a/acalvaria/intro.htmhttp://www.streetdirectory.com/travel_guide/112082/medical_conditions/complete_information_on_acalvaria_with_treatment_and_prevention.html